CRISTO NOSSA PÁSCOA

A alegria e a esperança que nós anunciamos como frutos da Páscoa, só encontram verdadeiros sentido por causa de Jesus Cristo Ressuscitado, o qual assumiu o patíbulo da Cruz como lugar de Redenção.
Ainda, hoje, somos marcados por suas chagas, “suas preciosas chagas”. Essas mesmas chagas continuam sendo abertas nos atentados contra à vida, tais como: a violência, a intolerância, a prepotência, a insensibilidade, a discriminação, o desamor e tantos outros males que nos afligem.
A Covid-19, que continua assolado e assombrando o mundo e o Brasil, expôs nossa vulnerabilidade e, ao mesmo tempo, o desdém dos negacionistas, frente ao combate sem medidas dos profissionais da saúde e os cientistas comprometidos com a vida humana.
Contudo, apesar de tantos dissabores, controvérsias e desânimos que nos cercam, anunciemos que o Bem supera o mal, o Amor é mais forte que o ódio, a Paz é o antídoto da violência e a Vida sempre vencerá as forças arbitrárias da morte.
Com Cristo, somos mais de Deus e, com Ele devemos ser mais humanos e mais próximos de nós mesmos. Na alegria da PÁSCOA, desejo que a graça de Cristo Ressuscitado abençoe com mais vigor o seu bem viver. Cuide-se e cuidemos uns dos outros.