Dom Ceslau se despede da Diocese de Itabuna

Após 20 anos à frente da Diocese de Itabuna, no sul da Bahia, Dom. Ceslau Stanula se despede nesta sexta-feira, 31, com Santa Missa celebrada na Catedral de São José, às 18h.

O religioso redentorista teve o pedido de renúncia, por idade, aceito pelo Papa Francisco no último dia 1º de fevereiro.

O pontífice, na mesma ocasião, nomeou como bispo de Itabuna Dom Carlos Alberto dos Santos, transferido da diocese de Teixeira de Freitas.

Em entrevista concedida ao Portal Católico em fevereiro deste ano, Dom Stanula disse que o padre ou o bispo nunca está desempregado: “porque sempre tem o que fazer devido a quantidade de padre que é pouca. Concretamente eu sou missionário, vim da América Latinha há 50 anos, então eu volto agora para a minha Congregação Redentorista da qual saí há tantos anos e procurarei, enquanto ainda Deus me der vida, levar a vida como religioso”.

A posse canônica de Dom Carlos Alberto como bispo de Itabuna, será no próximo dia 7 de abril.

Dom Ceslau Stanula é polonês e já atuou em seu país, na Argentina e no Brasil, especialmente no estado da Bahia, onde exerceu boa parte de sua missão desde o sacerdócio nas missões populares. Dom Ceslau foi bispo de Floresta (PE), entre 1989 e 1997; atuou como animador da Vida Consagrada no Regional Nordeste 2 da CNBB e foi membro da Comissão Episcopal de Pastoral no regional, onde também foi o responsável pela Família e pela Comunicação.

No regional Nordeste 3, foi bispo referencial da Pastoral Familiar, dos Leigos e da Renovação Carismática. Dom Stanula também foi presidente do regional Nordeste 3 da CNBB.

 

Informações: Portal Católico e Site CNBB